segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2012

Joana - www.quintal.privado.com - 961 718 343

Avaliação: Medíocre
Local: Lisboa, Rua Cervantes
Nome: Joana
Cara: Engraçada
Idade: 20
Nacionalidade: Tuga
Cabelos: Pretos compridos
Altura: 1,60
Peso: 50
Peito: Fabuloso, natural
Rabo: Bom
Barriga: Nada a apontar
Mãos: Menos mal
Higiene pessoal: Muito Boa
Apartamento: Famoso puteiro da Cervantes
Aparência geral: Razoável
Beija: Não
Vaginal: 2/10
Oral: Com 2/10
Anal: Não faz
Atitude: Atrapalhada e inexperiente
Lembrança: 60€ meia hora

Decidi, em má hora, experimentar o puteiro da Cervantes, sobre o qual dizem
cobras e lagartos. Tinha para mim que há confrades exagerados, demasiado
exigentes e que não desculpam um falhinha que seja. As fotos desta pita no
site deram uma ajuda. A gaja é podre de boa, não pode correr assim tão mal.

Marcação feita por telefone. Ainda perguntei se fazia broche sem e se dava
para repetir na meia hora. Respondeu que o broche depende da higiene do
cliente e que na maia hora é o que conseguires.... Eh lá! Tá feito pensei!

O prédio tem realmente mau aspecto. Subi e fui recebido pela própria, que
me encaminhou para o quarto e me deixou longos minutos secando enquanto
foi guardar/entregar o papel. O quarto tinha um colchão encaixado num espécie
de moldura mais alta que o sitio onde o colchão assentava, que faz com que
quase nos tenhamos que atirar ao chão. Além disso a casa de banho é fora do
mesmo que também não é a melhor solução. A piquena tem um par de mamas
que é simplesmente fabuloso. O corpo em si também não é mau, embora as fotos
do site tenham sido muito trabalhadas. De cara, apesar de ser jovem, tem um
ar de saloia que eu nem vos conto.

Fomos á lavagem depois de grande peripécia com o aquecedor no quarto, que
depois de eu o ligar mandou o quadro abaixo. Eu na banheira e a gaja no bidé.
De regresso ao quarto começou a beijar-me o corpo e deu uns toques de língua
no mangalho. Depois encapotou-o ao que eu pergunto se ela achava que eu não
tinha higiene, pois ao telefone tinha dito que era sem se o cliente tivesse higiene.
Disse que foi uma colega que atendeu o telefone e que ela nunca fazia sem.
Fez um broche fraco e veio por cima, quase só a meter a ponta. Como a miúda
não desenvolvia, peço para trocar e com ela deitada meto-lho e ele diz para não
meter todo que doía e tal. Ponho-a de quatro e a mesma conversa a tentar
esquivar-se a levar com ele. Ainda lhe dei umas estocadas valentes enquanto
lhe apalpava as tetas para ver se ela abria a pestana. Mas nada. Fim do 1º round. Nova sessão de lavagem.

Voltamos ao quarto e ela começou a vestir a cuequinha... Digo;
- Então a minha 2ª oportunidade?
- Ah e tal não é costume, vou perguntar quanto tempo falta e tal.
- Não é preciso. Faltam 15 minutos!
- Ah, não sei se dá tempo!
- Dá pois. Deita-te lá para eu apreciar essas mamas boas.
E assim fez. Tirou a cuequinha e deitou-se para eu tratar do mamal. Algumas
chupetadas depois ponho o mangalho entre elas. Depois ponho-me de joelhos e
ofereço o mangalho para novo bico. Outro bico fraquinho, mas deu para o por
em pé. PPMM, depois canzana e a gaja sempre a fuguir com a cona ao mangalho,
e a dizer que não aguentava muito fundo que doía e tal.
Quanto mais fugia mais a agarrava e dava com força. A gaja decidiu ir por
cima e desta vez já metia mais alguma coisa e eu, macaco, fazia os movimentos
invesos para ainda entrar mais centímetros de piço a cada descida da cona
da gaja. Mesmo assim lá me vim.



Conclusão: com um corpo bom, precisava de outro desempenho e um consultor de
imagem para mudar figura de parola do interior. Uma das piores fodas que dei
nos últimos anos. Já comi gajas que não atacam que sabem por a parreca mais a
jeito e foder melhor que esta puta. De todo o modo aprendi que este puteiro é um
engana o cliente e come-lhe os euros.

Sem comentários: